quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

RETIFICAÇÕES TENTAM ESCONDER A "PALHAÇADA" DO PAÇO!!!


Duas "retificações" públicadas em diário oficial distintos ontem e hoje (08 e 09), tentam "justificar" a contratação de "um" instrutor de arte circense pela prefeitura municipal de Cascavel, através de uma empresa de "limpeza e conservação".

Retificação 01

O instrutor circense em vez de estar vinculado ao Fundo Municipal de Assistência Social, será inserido no "Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. E o número de instrutores muda de "01" para "04".

Retificação 02

O tempo de duração (trabalho) do contrato, em vez de "sete" meses passa a ser de "cinco" meses.

VERGONHA

Foi necessário uma "intensa" denúncia a partir desse blog e depois encampada pela grande maioria dos orgãos de imprensa da cidade, para que ouvesse uma "movimentação" mínima por parte do Paço, Secretaria de Ação Social, Conselhos Sociais e Câmara dos Vereadores em relação ao fato.

A segunda retificação causa uma suspeição ainda maior, pois diminui o "tempo" do contrato e automaticamente "aumenta" o valor a ser pago, ou seja: caso realmente seja "verdade" que são "quatro" instrutores de arte circense, eles irão ganhar um valor de R$ 1.699.95. Muito além do "piso" salarial de R$ 700,00 (valor levando pelo Jornal Hoje junto ao Síndicato da classe).

O "PALHAÇO" ESTÁ NO PAÇO (PREFEITURA), OU OS "PALHAÇOS" SOMOS NÓS???!!!

Com está frase durante a sessão de ontem, o vereador Julio César Leme da Silva (PMDB), demonstrou toda sua indignação com a situação e críticou "duramente" o prefeito Edgar Bueno inclusive levantando a possibilidade desse valor estar servindo para "empregar" apadrinhados do próprio prefeito.

IRREGULARIDADES

O vereador Otto dos Reis, disse ter recebido documentos durante o programa BATE REBATE da CATV (Fernando Maleski e Luiz Nardelli), que comprovam a situação "irregular" em que está a empresa CVM - CONSERVAÇÃO E LIMPEZA, pois sua vinculação ao "SIMPLES" (Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), segundo Otto não poderia prestar esse tipo de serviço.

LEI COMPLEMENTAR N. 131 - 27/05/2009 - LEI DA TRANSPARÊNCIA

Otto dos Reis, do alto de seu preparo e conhecimento ainda criticou o "absurdo" do município estar ferindo a LCP 131 (Lei da Transparência), ao não públicar essa "ação" em tempo real no portal de município, conforme reza a Lei.

E O CONSELHO???

Até a tarde de ontem o Presidente do Conselho do Direito da Criança e do Adolescente, Pedro Martendal de Araújo, tentava ainda tentar entender os acontecimentos, pois tendo assumido em Julho de 2010, não tinha "nenhum" conhecimento do fato, o que lhe causava ainda uma "impressão de marido traído".

ONDE ESTÃO OS ISNTRUTORES

O prazo do "contrato" inicia-se a partir de sua publicação! A publicação aconteceu no dia "31 de dezembro de 2010", ora, o instrutor - se foi erro de digitação - os instrutores, já receberam pelo menos "um" salário desde então. Porém ninguém (nem Edgar, nem Alissos, nem Inês) e muito menos a POPULAÇÃO de Cascavel, sabem quem são e onde trabalham os INSTRUTORES CIRCENSES, contratados a "peso de ouro" pelo município. Ou melhor o EDGAR BUENO E O CARLOS EDUARDO MARASSI devem saber.

QUE VERDADEIRO CIRCO É A ADMINISTRAÇÃO EDGAR BUENO! E OLHA QUE NO PASSADO ELE (EDGAR), TEVE A "AUDÁCIA" DE DIZER QUE A PREFEITURA MAIS PARECIA A "CASA DA MÃE JOANA" (REFERINDO-SE A ADMINISTRAÇÃO ANTERIOR)!!!

4 comentários:

  1. Meu caro amigo Wanderley.

    Ano passado denunciei em meu blog esta mesma empresa que "venceu' licitação na Prefeitura de Cascavel com valores de R$ 414.283,00.
    Essa empresa está fazendo uma verdadeira LIMPEZA nos cofres que deveriam guardar nosso dinheiro mas no momento quem tem a chave é o atual inquilino do Poder.
    O Ministério Público bem que poderia pelo menos pedir explicações razoáveis aos mandatários.
    Agora a Câmara deve convocar os responsáveis pela contratação para apresentar as devidas explicações aos nobres vereadores.

    ResponderExcluir
  2. O leitor merece o esclarecimento necessário e verdadeiro dos fatos. A Assistência Social de Cascavel possui um circo montado no ginásio de esporte Ciro Nardi. Este equipamento foi adquirido com recursos do convênio nº 022/08 firmado entre a Prefeitura e a Secretaria Estadual da Criança e Juventude. Os instrutores são contratados com os mesmos recursos do convênio. Portanto meus caros, acho que deve-se exigir a leitura deste termo antes das críticas, pois não existe convênio sem um plano de aplicação aprovado...

    ResponderExcluir
  3. O QUE PRECISA É "APARECER" O CONVÊNIO, QUE ESTÁ A 7 CHAVES. MAIS COISAS SOBRE O ATITUDE ESTÃO PARA VIR A TONA... AGUARDEM!!!

    ResponderExcluir
  4. Jussara da Fonseca8 de setembro de 2011 10:30

    A palhaçada com essa tal de CVM continua, há licitações onde há uma "incrível" coincidência de pedirem atestados de capacidade justamente com o objeto do contrato social da empresa referida. E há ainda licitações onde "incrivelmente" não pedem atestados algum. Será isso pelo fato de a empresa CVM não ter ainda prestado tal serviço? E consequentemente não ter o atestado???
    TEMOS QUE TOMAR PROVIDÊNCIAS!!! O NOSSO DINHEIRO ESTÁ INDO POR ÁGUA ABAIXO, NÃO VAMOS DEIXAR O ASSUNTO MORRER SEM SOLUÇÃO!!!

    ResponderExcluir