segunda-feira, 31 de maio de 2010

TRABALHANDO DEMAIS II!!!


JÁ ESTÁ NA CÂMARA DE VEREADORES E NAS MÃOS DE SETORES DA IMPRENSA, O NOME E COLÉGIOS ONDE TRABALHA A PESSOA (GRADUADA), QUE RECEBE POR DEDICAÇÃO EXLUSIVA E GRATIFICÃO POR FUNÇÃO.

VEREADOR E JORNALISTA, NÃO CONSEGUÉM ENTENDER COMO A PESSOA CONSEGUE SER TÃO "ONIPRESENTE"! A DENÚNCIA E FONTES QUE INFORMARAM A SITUAÇÃO, ESTARÃO SE MANIFESTANDO DURANTE A SEMANA.

SÓ RESTA SABER É SE O PREFEITO EDGAR BUENO, IRÁ TOMAR ALGUMA ATITUDE EM RELAÇÃO A ESTE(A), FUNCIONÁRIO(A), DE "CONFIANÇA" E QUE TÊM "DEDICAÇÃO EXCLUSIVA".

SERÁ QUE UM FUNCIONÁRIO(A), QUE TRABALHA EM "QUATRO" LUGARES AO MESMO TEMPO, CONSEGUE PRODUZIR EM FAVOR DA POPULAÇÃO???

COITADO DO EDGAR... ARRUMOU CADA ASSESSOR(A)!!!...

domingo, 30 de maio de 2010

SECRETARIA DA CULTURA COM O COFRE ABARROTADO!!!


ATENÇÃO ARTISTAS E ENTIDADES COM FINALIDADE CULTURAL!

A Secretaria Municipal da Cultura de Cascavel está "distribuindo" verba para realização de eventos na cidade. O primeiro contemplado foi o CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS - ESTÂNCIA COLORADA, e a quantia não é nada modesta (pelo menos para Cascavel).

Quem tiver interesse e projetos deve seguir até a Secretaria da Cultura e solicitar o seu quinhão. Inclusive apoio financeiro para viagens, apresentações, bolsas de estudos, entre outras ações que norteiam as diretrizes da Secretaria.

Caso você não tenha seu pleito atendido será por pura "birra" política pois o COFRE está cheio, é só conferir os dados abaixo.

TERMO PARC EMPENHO ENTIDADE DATA REPASSE REPASSE VLR PREST SITUAÇÃO
119/2010-PMC 2 003605/2010 C.T.G. CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS ESTÂNCIA COLORADA 09/04/2010 5.000,00 5.000,00
119/2010-PMC 1 003604/2010 C.T.G. CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS ESTÂNCIA COLORADA 09/04/2010 15.000,00 15.000,00

sábado, 29 de maio de 2010

PREFEITO ELEGE CADINI O MELHOR FOTÓGRAFO DE CASCAVEL!!!


Edgar Bueno, prefeito de Cascavel elegeu na manhã de hoje (29), durante seu programa semanal na Rádio Colméia, o fotógrafo concursado da prefeitura Luiz Carlos Cadini, como "o melhor fotógrafo de Cascavel"!!!

Numa simples atitude em um programa onde muitos "outros" fotógrafos podem estar ouvindo, Edgar desmereceu toda uma CLASSE, e colocou todos os FOTÓGRAFOS de Cascavel "abaixo" de Cadini.

Sem desmerecer o trabalho de Luiz Carlos Cadini, que aliás é muito bom, mas a atitude impulsiva do prefeito mostra que ele realmente não consegue "mudar" seu estilo, tanto no tratamento com a população como também ao falar o que não deve em certas horas.

Vamos lembrar de bons fotógrafos colocados em segundo plano: Clayton Biaggi, Ari Camerini, Nery Cardoso, Denise Rubel, Sergio Sanderson, Wanderlei e Wanderson Farias, Eliane Cury, Airton Souza, Salete e Clery Bramatti, Keila de Lima, César Pilattii... entre tantos outros que não recordo agora!!!

MUSICAL CATS COM VALOR PROMOCIONAL NA COPA!!!


O musical "Cats", em cartaz desde março de 2010 no Teatro Abril, em São Paulo, acaba de lançar uma promoção para o mês da Copa.


Encenado há quase 30 anos, o musical está sendo apresentado no Brasil com o elenco inteiramente nacional e com músicas em português adaptadas pelo nosso querido Toquinho.


Nada foi mudado na história dos Smelly Cats, segundo o diretor e coreógrafo Richard Stafford: "Tudo é apresentado conforme criação de Gillian Lynne".


Com relação às composições, Toquinho diz que não foi feita apenas uma tradução: "São necessárias métricas perfeitas, a coreografia e as frases devem estar no lugar certo. Deu muito trabalho! Eu ia dormir tarde sempre, enquanto estava fazendo essa adaptação... Por volta das 8h, 9h da manhã (risos)".


Investindo por volta de 2 horas e 30 minutos em cada composição, Toquinho fez questão de inserir o cotidiano do brasileiro nelas, citando Paulo Autran e outros grandes artistas do nosso país.


Realmente, é uma superprodução (orçada em R$7.512.777,15, segundo o site do Ministério da Cultura). A maquiagem, o figurino e o cenário são perfeitos. Os atores interagem com o público de forma muito divertida e, no palco, pode-se perceber a qualidade desses talentos nacionais.


É muito bom ver que se está investindo na cultura. Paula Lima, cantora já conhecida e atriz do espetáculo, ressalta que "O Brasil, hoje, tem condições de montar um espetáculo dessa grandiosidade", por isso tantos musicais estão em cartaz, reafirmando o que Saulo Vasconcelos, cantor e ator de Cats: "São Paulo já é o polo dos musicais".


Além de São Paulo, os produtores pretendem levar a peça para o Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Salvador.


No mês da Copa, a cada 3 ingressos adquiridos, o 4º é grátis!

origem: http://cultcultura.blogspot.com/

sexta-feira, 28 de maio de 2010

TRABALHANDO DEMAIS!!!


Está explicado porque setores da administração pública de Cascavel vão de mal a pior. Recebemos informações e estamos averiguando, que funcionário (a), graduado (a), além de ocupar CARGO DE CONFIANÇA com GRATIFICAÇÃO POR FUNÇÃO e DEDICAÇÃO EXCLUSIVA, ministra aulas em 03 (três) Colégios de Cascavel.

Iremos receber documentos solicitados com horários, relação dos colégios e demais dados na segunda feira pela manhã, se for verídico em primeiro lugar iremos divulgar para que a população e a comunidade a qual pertence o (a) fulano (a) saibam quem é. Depois iremos solicitar uma apuração por parte da Câmara dos Vereadores e Secretaria da Administração, e, posteriormente convocaremos o setor relacionado para que faça uma avaliação da "produtividade" da pessoa "ocupante" de CARGO DE CONFIANÇA com DEDICAÇÃO "nem um pouco" EXCLUSIVA.

EM TEMPO: SEGUNDA FEIRA ATÉ O MEIO DIA O BLOG ESTARÁ ANUNCIANDO A PESSOA E OS LOCAIS ONDE ELA TRABALHA. SE É QUE ISSO É VERDADE...

PARANHOS PRÓXIMO DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA!!!


O publicitário Leonaldo Paranhos (PSC), parece estar cada vez mais perto de tornar-se Deputado Estadual por Cascavel. Pesquisas de toda ordem apontam Paranhos em primeiro lugar em Cascavel e em QUARTO lugar na região oeste, ficando atrás apenas de Nereu Moura, Dobrandino da Silva e Élio Rusch que (por acaso), são deputados em pleno mandato.

A história de Leonaldo Paranhos está calcada na persistência e na obstinação. Depois de ficar durante muito tempo à sombra do Deputado Federal Hermes Parcianello, Paranhos foi candidato a vereador pelo PMDB no ano de 1.992, sem alcançar êxito. Novamente como candidato a vereador foi um dos 07 eleitos pelo "manda brasa" em 96, e também foi o único vereador a se manter no partido sem "vender a alma" para Salazar (prefeito da época), e Jaime Lerner (governador). A pedido de seu partido foi candidato a "vice-prefeito" em 2000, quando carregou Edgar Bueno et caterva nas "costas", já que Edgar ficou 70 dias em tratamento de saúde em Curitiba. Paranhos ganhou a eleição e uma "facada nas costas" de Edgar e sua tropa...

... Depois disso Paranhos perdeu a Deputado em 2002 com cerca de 35.000 votos, e em 2006 com aproximadamente 30.000 votos. Ainda participou como candidato a prefeito em 2004, e evitou que Edgar conseguisse a releição.

Após três derrotas consecutivas, da sua "cristianização" política em setores da imprensa e do PMDB (seu partido na época), Paranhos tal qual a "Fênix" ressurge das cinzas para atingir os melhores números na história de Cascavel numa candidatura a Deputado Estadual.

Parabéns ao "ex" jovem publicitário (hoje já tem 44 anos), que segue o caminho dos determinados, obstinados e iluminados que não desistem perante as agruras que a vida lhes impõem, e enfrentam os problemas de "cara, mãos e ficha limpa".

quinta-feira, 27 de maio de 2010

FICA NÃO EXISTE! MAS "FILO" EXISTE!!!


Bilheteria do FILO abre neste sábado. Veja programação

As bilheterias serão abertas às 10h, no Royal Plaza Shopping. O 1º lote serão para os espetáculos de 10 a 19 de junho e o 2º os de 20 a 27 de junho

A edição 2010 do Festival Internacional de Londrina (FILO), que acontece de 10 a 27 de junho, será oficialmente lançada para o público neste sábado (29 de maio), com um show da cantora Ana Carolina às 19 horas, no Anfiteatro do Zerão. No mesmo dia, começa a venda de ingressos para os mais de 50 espetáculos que movimentarão a cidade em junho.

O show que Ana Carolina traz a Londrina é baseado em seu último CD – N9ve – mas inclui, no repertório, grandes sucessos em comemoração aos 10 anos de carreira da cantora. A escolha deste show resgata a proposta do FILO de lançar o evento com grandes atrações ao ar livre e reforça o caráter do Festival de contemplar várias linguagens artísticas em sua programação.

A cerimônia de abertura do FILO 2010 será no dia 11 de junho, no Teatro Ouro Verde, com o espetáculo teatral "Determinadas Pessoas – Weigel", da atriz Esther Góes.

Em 2010, o FILO completa 42 anos, consolidando-se como o mais antigo evento do gênero na América Latina. A programação internacional traz 16 espetáculos de 14 grupos vindos de Portugal, França, Espanha, Itália, Turquia, Alemanha, Estados Unidos, Uruguai, Chile e Argentina.

Do Brasil, grupos de 11 cidades apresentarão 28 espetáculos para o público em geral e mais oito na Tenda da Mostra Infantil, sucesso nas edições 2007 e 2008 do FILO que está de volta agora em 2010. Uma grande estrutura será montada no gramado central do Zerão (parque de lazer da cidade), com atrações especiais para a criançada.

A programação terá ainda a tradicional agenda de atividades formativas (oficinas, lançamentos, palestras) e os projetos socioculturais, que serão divulgados em breve pela organização do Festival.

Segundo o diretor do FILO, Luiz Bertipaglia, a programação será espalhada por vários locais, como os teatros Ouro Verde, Zaqueu de Melo e Marista, Sala Sesc Londrina, Teatro FILO, Teatro da Usina Cultural, Escola Municipal de Teatro, Concha Acústica e a Tenda da Mostra Infantil no Zerão, além de outros espaços alternativos, praças e ruas da cidade.

Para Bertipaglia, "a edição 2010 do FILO busca manter a qualidade artística e o espírito provocativo que marcaram a história do Festival ao longo de mais de quatro décadas de existência, além de destacar na programação espetáculos para grandes públicos, como é o caso do show no Anfiteatro do Zerão".

Ingressos serão vendidos a partir de sábado, em dois lotes:

A venda de ingressos para o FILO 2010 começa no dia 29 de maio (sábado, às 10 horas), quando serão abertas as bilheterias no Royal Plaza Shopping (Rua Mato Grosso, 310).

Este ano, o FILO vai liberar a venda de ingressos em DUAS etapas, para agilizar o serviço de atendimento ao público.

O 1º lote de ingressos começa a ser vendido no dia 29 de maio, para os espetáculos que acontecem de 10 a 19 de junho.

O 2º lote começa a ser vendido no dia 10 de junho (quinta-feira), para os espetáculos que acontecem de 20 a 27 de junho.

O valor dos ingressos para os espetáculos será de R$ 20 e R$ 10 (meia entrada). No Teatro Ouro Verde haverá valores diferenciados para o balcão, com ingressos R$ 10 e R$ 5 (meia).

A bilheteria do FILO funcionará das 10 às 19 horas, de segunda a sábado, e das 11 às 19 horas, nos domingos e feriados.

terça-feira, 25 de maio de 2010

A INDEPENDÊNCIA DA ARTE EM CASCAVEL!!!


Nesta quarta feira 2 de Junhocomeçam duas exposições no WEST SIDE Shopping as 19:30 horas na abertura vão ter uma palestra com Cassiano Grandi (São Paulo), Sandra Winkellman(Toledo) e o Curador Andrés Castillo Vildósola (Santiago do Chile/Cascavel ).

O EVENTO é Organizado por SESC-Cascavel em parceria com West Side Shopping apoio da Associação BAIACU e AAPLAC.

O TEATRO EM LONDRINA NÃO PARA!!!


Grupo londrinense apresenta 'O Império dos Maios'

'Os Toscos' sobem ao palco do Valentino com quadros contados em vários capítulos e com personagens como Andréa Boquetão, Kátya Cristina e Boca Mole

O tema escolhido pelo grupo para este mês é 'O Império dos Maios', uma sátira ao nome do "mês" aos "Maias" e ao "Império Maia", com muitas novidades e esquetes nada convencionais, que prometem tirar a platéia do lugar fazendo o que de melhor faz, humor de qualidade.

No espetáculo de humor você ira encontrar personagens que já marcam presença como Andréa Boquetão, Thime Goiabada, Kátya Cristina e muito mais.

O grupo 'Os Toscos' que vem cada vez mais se consolidando em Londrina e região, se apresentam regularmente toda última quarta feira do mês no Bar Valentino. A cada mês um espetáculo com quadros diferentes cuja intenção é só fazer rir, pois acreditamos que o riso ainda é o melhor remédio.

A novidade da apresentação deste mês são quadros contados em vários capítulos o que cria a expectativa do publico, e a junção de personagens de quadros distintos que se encontram em um único quadro, um exemplo disso são as personagens Andréa Boquetão, Xandra Xoxota e Boca Mole que já ganham a admiração do publico ácido do espetáculo, que se juntam para representar a historia "Beth e Elizabeth" um antigo texto escrito por Silvio Ribeiro para um dos espetáculos do grupo "Chaminé Batom" .

Este mês a apresentação do grupo 'OS TOSCOS' no Bar Valentino acontece dia 26 de maio às 22h30 e no dia 2 de junho no Teatro Zaqueu de Melo às 21h.

Uma das técnicas que o grupo adotou este ano consiste em uma intensa divulgação que acontece sempre na semana do evento, os personagens saem às ruas e bares de Londrina com intenção de divulgar e também de levar o riso as pessoas que ainda não conhecem o grupo.

'Serviço':

'Os Toscos' - 'O Império dos Maios'

Quando: quarta, dia 26 de maio

Horário: 22h30

Local: Bar Valentino

Couvert: R$ 8

MEDÉIA CONTINUA EM CARTAZ EM CURITIBA!!!


opinião
Luciana Romagnolli

MEDÉIA, A MULHER

Em seu retorno à direção teatral, Marcelo Marchioro recria a tragédia de Medeia em um espetáculo austero, nos muitos sentidos da palavra. É rigoroso, grave, amargo.

A cenografia e o figurino ajudam a compor essa atmosfera severa e comedida. As vestes de Medeia (Claudete Pereira Jorge) e de sua criada (Helena Portela) repetem os tons terra que recobrem todos os níveis do cenário instalado no palco do Guairinha, como se fossem extensão uns dos outros.

Só pela iluminação o ambiente se distingue, ganhando uma aura dourada ou escondendo no breu uma das duas figuras femininas que nunca deixam o palco.

Aos homens do texto de Eurípedes não coube lugar no espetáculo. Jasão merece apenas uma menção visual, como um desenho primitivo num estandarte. Bastam as mulheres. Ou, no singular, basta a mulher: Medeia. A presença ininterrupta da criada funciona mais como recurso cênico do que como companhia. Está ali para reforçar o que a personagem principal sente profundamente: sua solidão.

À família original, não há como retornar. Medeia matou o irmão para se casar. Levada a uma terra estranha, foi rejeitada por Jasão e trocada pela filha do rei Creonte. Atraiu contra si o poder político. Mal lhe restam os filhos, uma vez que, expulsa de Corinto pelo rei, não há o que fazer com os dois pequenos.

Como de costume nas tragédias clássicas, seus erros a conduzem fatalmente a um destino trágico, para o qual parece não haver saída. Na montagem curitibana, essa falta de escolhas é sublinhada. Principalmente a de Medeia. Mas também a privação de alternativas para toda uma geração feminina em uma cultura específica como a grega, em que à mulher restava o casamento e a sorte (ou o azar) de descobrir no esposo um homem digno – ou não.

Quanto à Medeia, ela se apresenta como o centro de tudo o que se diz e faz, o estopim dos acontecimentos, a causadora, a vítima, a assassina. Seu sofrimento está embebido de autocomiseração, da qual retira justificativas para sua vingança.

Toda a encenação é armada para que a atenção recaia em ouvir o que ela tem a dizer. As falas são claras e o os gestos, moderados. O texto foi cortado, resumido, de modo que sobrevivesse o essencial, não mais do que uma hora de espetáculo, favorecendo a compreensão sem que a escrita clássica tivesse de ser alterada. Além das palavras, o espectador também é atingido pelos silêncios marcantes e pelo lamento da criada que carrega tristeza. Talvez de existir.

Embora, fora do palco, Marchioro fundamente sua opção por remontar a peça, falando de casos recentes como a morte de Isabela Nardoni, e reafirmando um mundo contemporâneo trágico, em cena o diretor não está interessado em atualizações de qualquer tipo –quem o fez há pouco tempo, vale lembrar, foi o dramaturgo curitibano Paulo Zwolinski, ao se inspirar em Medeia para escrever Como se Eu Fosse o Mundo. A montagem Marchioro permanece no passado. Seu discurso é que pode ser transposto ao presente, se o espectador fizer a travessia. GGG1/2

Serviço

Medeia. Guairinha (R. XV de Novembro, s/n.º), (41) 3315-0979. Texto de Eurípedes. Direção de Marcelo Marchioro. Com Claudete Pereira Jorge e Helena Portela. Sexta e sábado às 21 horas, domingo às 19 horas. R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 20 de junho.

VAMOS A CURITIBA, JÁ QUE CASCAVEL NÃO TEM!!!


Festival Universitário de Cinema começa na Capital

O longa 'Onde Andará Dulce Veiga?' e bate-papo sobre produção de cinema serão as atrações da abertura nesta terça (25), no Teatro HSBC

Começa nesta terça (25), a 7ª edição do Putz (Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba). O evento segue até sábado no Teatro do HSBC e no Paço da Liberdade Sesc Paraná, em Curitiba.

Para a abertura, está confirmada a presença do diretor Guilherme de Almeida Prado, para exibição inédita do longa "Onde Andará Dulce Veiga?" e bate-papo sobre produção de cinema.

Essa mesma prática de debates vai se repetir durante as noites do evento. Depois das exibições, os realizadores dos filmes sobem ao palco para conversar com o público. Ao todo, serão passados mais de 60 curtas-metragens, que foram escolhidos entre os 226 inscritos de todo o país.

Ao longo da semana, serão realizados debates e cursos com os críticos Cássio Starling Carlos e Tatiana Monassa, o professor Pedro Plaza e Rodrigo Bouillet, do Projeto Cine Mais Cultura. Neste ano, o festival conta com a Mostra Olhares, com curadoria e participação de representantes dos festivais Curta Santos (SP), VideVídeo (RJ), Perro Loco (GO) e REC (ES), em que são apresentados a produção local de cada região.

Além das premiações do júri oficial do Putz, os participantes concorrem aos prêmios de Melhor Filme pelo Júri Jovem, formado pelo Júri Universitário e por estudantes do Ensino Médio de Curitiba e Região Metropolitana. Um participante ainda vai leva uma bolsa integral no curso de Cinema Digital, no Prêmio Estímulo Centro Europeu.

O Putz nasceu no curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Paraná em 2000. Alguns alunos decidiram criar uma mostra para exibir os vídeos produzidos no curso. A idéia deu certo e quatro anos depois o festival foi aberto a todas as universidades brasileiras e ganhou uma nova versão: Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba.

A programação é gratuita e aberta ao público. Para participar é necessário fazer inscrição no site do festival ou retirar ingressos no Paço da Liberdade ou no Teatro do HSBC uma hora antes da mostra. Mais informações em www.putz.ufpr.br.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

PESSOAL DO INTERIOR PARTICIPANDO DO BLOG!!!


Ontem era domingo fui tomá um mé no boteco do Alipio, gente boa barbaridade. Por la tava o Leôncio, filosofo da esquina, que entende muito das coisas de Cascavel, só ouvi pois não sou daqui, não sô não sinhô. Bom, o Leôncio, disse que é com chapeuzinho no o do nome dele, falou pro pessoal que estava por ali que o prefeito começou levar cacete desde que aconteceu uma mudança no forum dessa cidade, antes ele pintava e bordava, agora a coisa se cumplicô pros lado dele. O Leôncio disse que se voltá a examina no forum o proceso da ponte que não eziste e de outras que gastaram cimento que dá para cimentar a estrada daqui até minha cidade, a coisa vai pegá fogo, tá sujeito o prefa i pro beleléu, sera verdade só vendo. Na minha cidade, por muito menos, o prefeito teve poblema sério com a justiça, mudo de cidade, como o Leôncio é um sabio, fiquei matutando que seria do prefa daqui.

O SUCESSO DE PLUFT - O FANTASMINHA EM FOZ!!!


Mais de quinhentas crianças (e adultos), assistiram a peça infantil PLUFT - O FANTASMINHA em Foz do Iguaçu no sábado (22/05). Em duas sessões super lotadas a ACPT (Associação Centro de Pesquisa Teatral), protagonizou o belo espetáculo para a petizada na cidade das três fronteiras.

O sucesso foi tanto que o espetáculo será reprisado durante a semana em mais três sessões para escolas da cidade, que acontecerão na quarta feira e com ingressos já esgotados.

A entidade já estuda a possibilidade de abrir mais duas sessões na quinta-feira, já que a repercussão da qualidade do espetáculo e a emoção de quem assistiu a peça foi tanta, que escolas e entidades que atendem crianças continuam insistindo em ver o espetáculo.

A ACPT, já prepara para agosto seu novo espetáculo: O PEQUENO PRÍNCIPE de Antoine de Exupéry, que já tem a estréia marcada para agosto de 2010, e deverá percorrer cidades do Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso e Nordeste do Brasil logo após sua estréia.

Trabalho com seriedade e profissionalismo, só poderia resultar em SUCESSO!!!

EDGAR BUENO DE OLHO NO "ANJOS DA CULTURA"!!!


Depois do blog noticiar a "situação embaraçosa" em que ficou o Prefeito Edgar Bueno, nos comentários feitos pelos apresentadores e jornalistas que realizam o JORNAL DA MASSA (Rede Massa/SBT - 7:00 às 7:30), Edgar não se fez de rogado e ligou pessoalmente ao Advogado e Jornalista OGIER BUCHI, e deu sua versão ao caso.

Ogier nada comentou, entretanto sua "cara" era de poucos amigos e apenas leu o que o prefeito pediu para que fosse falado, inclusive Edgar disse que com sua "larga experiência" jamais tomaria qualquer atitude de "intimidação"!

Como sabemos que esse blog está muito além das fronteiras de Cascavel, e é extremamente acessado e lido em todo estado, sendo Curitiba a segunda cidade que mais lê o blog no Paraná, aqui estamos enviando ao JORNAL DA MASSA uma série de atitudes de intimidação dentro do currículum do prefeito.

01 - A EXONERAÇÃO PÚBLICA DO MÉDICO CLAUDIO ACCHCAR EM 2004.
02 - A INTIMIDAÇÃO AO JORNALISTA TONINHO DA LUZ EM PÚBLICO (QUASE QUEBROU O DEDO).
03 - O TRATAMENTO DADO ÀS FAMILIAS DO GRAMADO QUANDO FORAM AO TERCEIRO ANDAR DA PREFEITURA EM 2003.
04 - A INVASÃO NA MADRUGADA DA BANCA DO WALTÃO EM 2009.
05 - A PERSEGUIÇÃO A FUNCIONÁRIA KATIA TABORDA, QUE RESPONDERÁ PROCESSO ADMINISTRATIVO POR NÃO ACEITAR CONTAR AS MENTIRAS SOLICITADAS POR EDGAR (NESSE MÊS).

Aí está caros amigos do JORNAL DA MASSA, a "experiência" de Edgar não permite que ele REALMENTE não intimide ninguém. O ideal é que vocês entrevistassem o POVO de Cascavel e as pessoas envolvidas para conhecerem a "verdade".

Em tempo: Ogier Buchi, ao oferecer seu CAFÉ DA MANHÃ citou MANO PREISNER! Será alguma coincidência ou alguma mudança deverá ocorrer no Paço nos próximos dias???...

domingo, 23 de maio de 2010

CINEMA INDIANO EM DESTAQUE!!!


De 27 a 29/05 de 2010
Mostra Satyajit Ray (Trilogia de Apu) + Oficina Roteiro II (20 Vagas) Inscrições Abertas!!!
No SESC Cascavel - Entrada e Inscrição Grátis

Satyajit Ray foi um dos melhores e mais conhecidos diretores de cinema da Índia. Nasceu em Calcutá, no segundo dia de maio de 1921 e faleceu em 1992. Ganhou importantes prêmios internacionais e por duas vezes consecutivas foi apontado o melhor diretor no Festival de Berlim. Recebeu um Oscar Honorário em 1991 pelo conjunto da obra. De uma família de intelectuais, era formado em Ciência Empresarial e Física. Em 1947, ajudou a fundar a Calcutta Film Society. Ray trabalhou como diretor assistente do cineasta francês Jean Renoir, quando este filmava O Rio Sagrado (1951) na Índia. Conheceu posteriormente o italiano Vittorio De Sica e o neo-realismo, que acabou influenciando-o na realização de ´A Canção da Estrada - que integra a sua Trilogia de Apu, sobre um típico personagem indiano.

AS MADRUGADAS DE EDSON BUENO!!!


A DESCOBERTA

Nunca é tarde para a ignorância e também nunca é tarde para a luz, nem que pequena, breve, suave e simples; a iluminar a escuridão da nossa arrogância. Nas minhas viagens noturnas (não insones!), comecei a declarar meu amor por Maria Bethânia, ouvindo suas interpretações que me arrepiam mais que a pele, a contrapele (existe a tal?). Claro que existe, pois arrepia. E fico ouvindo e ouvindo e ouvindo-a cantar “O Céu de Santo Amaro”, por exemplo. “... a força desse amor nos invadiu, com ela veio a paz, toda a beleza de sentir, que para sempre uma estrela vai dizer: simplesmente, amo você...”. E como, marca registrada, quando estou aquecendo a voz antes de cada espetáculo, canto a plenos pulmões (não desafino, garanto!) “Sonho Impossível”, a versão de Chico Buarque para o tema principal do musical “O Homem de La Mancha”, resolvi lembrar de Maria ouvindo-a. Ela é única, embora Richard Kiley tenha imortalizado sua interpretação. Mas é carne de vaca, não? Há versões maravilhosas com Elvis Presley, Jack Jones, Brian Stokes Mitchell , Donna Summer e até uma, linda, cantada com alma, por um garoto que ganhou o programa “Ídolos” em Israel: Harel Skaat. Pois, antes de cantar “Sonho Impossível”, no show ”Maricotinha”, Bethânia recitou um pequeníssimo poema. E fui descobrir seu autor, de tão suave e sincero. Uma autora. Uma portuguesa, que talvez todos vocês conheçam, mas a ignorância a tinha escondido de mim todos esses anos! Sophia de Mello Breyner Andresen, que nasceu no Porto e faleceu em Lisboa, aos 84 anos, em 2004. Foi tão importante! Foi eleita para a Assembléia Constituinte em 1975, após a Revolução dos Cravos, foi contista, autora de livros infantis e membro da Academia de Ciências de Lisboa. Em 1999 recebeu o Prêmio Camões, o mais importante da literatura portuguesa. E fiquei, madrugada adentro, conhecendo e reconhecendo a senhora Sophia. Eu, que também amo Fernando Pessoa, vi tanto dele, nela, mesmo que pouco se pareçam. Talvez coisa minha, mas não importa. Importa que lendo seus versos, por diversas vezes me emocionei às lágrimas. Ando emotivo, sei lá por quê! E perto das quatro da madrugada fui contemplá-la em imagens, fotos de sua juventude, maturidade e velhice. Tão elegante, tão plácida, tão poeta! E me despedi de Dona Sophia, para dormir triste por saber que já morreu, antes mesmo que eu tivesse sabido dela e tivesse feito aquele silêncio de homenagem que sempre faço em meu coração, quando morre alguém que admiro muito. Como se me despedisse de alguém que nunca conheci. Prometi pra mim mesmo ir atrás de alguns livros seus e lê-la mais e mais, até compensar meus tempos de ignorância!


Apesar das ruínas e da morte,

Onde sempre acabou cada ilusão,

A força dos meus sonhos é tão forte,

Que de tudo renasce a exaltação

E nunca as minhas mãos ficam vazias.



Escrito por Edson Bueno às 01h25

sábado, 22 de maio de 2010

FILO NA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA!!!


Cambé recebe espetáculos do Filo

Os espetáculos 'Exemplos de Bastião', 'Metamorfose', 'O Amor de Ceci e Peri' e 'Racines' serão apresentados no Calçadão e também no Zezão

O Festival Internacional de Londrina (FILO) vai acontecer de 10 a 27 de junho. A novidade deste ano é que quatro espetáculos serão apresentados em Cambé: no dia 12 de junho, às 11 horas, no Calçadão, o grupo Mamulengos Sem Fronteiras, de Brasília, encenará "Exemplos de Bastião"; no dia 19, às 11 horas, no Calçadão, o público poderá assistir "Metamorfose", da Cia de Palhaços Picolino, de Londrina; no dia 20, às 16 horas, no Zezão, "O Amor de Ceci e Peri" será mostrado pela Cia Teatro Sem Lona, de Maringá; no dia 27 de junho, às 19 horas, "Racines", apresentação do grupo Cristal (Brasil/África).

Para a presidente da Fundação Cultural e Artística de Cambé, Arísia Mendes Gonçalves, a vinda de quatro espetáculos do Festival Internacional de Londrina é uma grande conquista para Cambé. "É importante a grande presença do público pois isso servirá de estímulo para que possamos viabilizar outras atrações e culturais artísticas para Cambé".

Arísia fez questão de explicar que o local e mesmo o horário das apresentações foram previamente determinados pelos organizadores do FILO, mediante análise técnica de cada espaço.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

LANÇAMENTO DO FESTIVAL DE MÚSICA DE LONDRINA! O FESTIVAL DE CASCAVEL NEM SE "OUVE" FALAR!!!


Domingo tem concerto de lançamento do 30º FML

O Concerto terá início às 20h30 e será com a Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina, sob a regência do maestro Alessandro Sangiorgi

O 30º Festival de Música de Londrina (FML) será lançado neste domingo (23), com um concerto no Teatro Ouro Verde, em Londrina-PR, com entrada aberta ao público.

O Concerto de Lançamento terá início às 20h30 e será com a Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (OSUEL), sob a regência do maestro Alessandro Sangiorgi, titular da Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP).

Destaque para o solo do diretor artístico do FML, o pianista Marco Antônio de Almeida, executando o "Concerto para piano e orquestra, em Lá Menor, op.54" de Robert A. Schumann, homenagem aos 200 anos de nascimento deste expressivo compositor romântico alemão.

Completando o programa do Concerto de Lançamento as peças "Abertura Festiva op. 96" de D. Shostakovich e a "Sinfonia Sopra Una Canzone d`Amore", ambas do compositor Nino Rota, o celebrado compositor dos filmes de Fellini e Visconti. O terceiro movimento da Sinfonia é o tema do aclamado filme de Visconti "o Leopardo".

A 30ª edição do FML tem 80 concertos programados. Terá Fafá de Belém na abertura, Arrigo cantando Lupicínio; uma noite dedicada ao compositor alemão Johannes Brahms, com a participação do elenco da New Hope Opera da Alemanha e dos pianistas Fabio e Gisele Witkowski; pianista premiada em vários concursos internacionais, Julija Botchkovskaia confirma presença no Festival de Música de Londrina de 15 a 24 de julho, com Master classes de alta interpretação pianística e participará da programação artística interpretando Chopin e Schumann. Maestro Daisuke Soga. montagem e apresentação da obra "La Serva Padrona", de Pergolesi, com os alunos do curso Prática Ópera Studio. A direção será de Nadine Hellriegel, diretora do New Hope Ópera de Hamburgo, Alemanha.

A expectativa é de receber 1.200 alunos de todo o país (inscrições abertas entre 7 e 30 de junho de 2010). Na grade pedagógica serão cerca de 40 cursos, ministrados por professores do Brasil e internacionais. Workshop "Acting para cantores de ópera", com Veronique Elling. Será realizado o encontro "Rumos da Composição Paranaense", com conferências, mesa-redonda, mostra de composições e varal de partituras. O curso de Regência Coral será realizado de 6 a 11 de julho, com um dos maiores nomes de Regência Coral no mundo: a venezuelana Maria Guinand. 4º Concurso Nacional Jovem Camerista ( 15,16,17 de julho) e 16º Simpósio Paranaense de Educação Musical. (Fomte: Assessoria de imprensa 30ª FML)

quinta-feira, 20 de maio de 2010

ARRANCANDO OS CABELOS!!!


Algumas pessoas ocupantes de cargos em orgãos públicos da cidade, sistematicamente sentem-se incomodados com a posição e as informações postadas aqui neste blog. Esse incomodo é mostrado de várias maneiras: alguns querem brigar, outros responder, os mais afoitos ligam imediatamente para tirar satisfação, os ponderados analisam antes de falar e os "coitados" tentam nos intimidar!

O blog, seus colaboradores e em particular a minha pessoa (Wanderlei), estamos apenas preocupados em informar e "opinar", sem meias palavras ou receio de qualquer tipo de retaliação. Não entramos na seara pessoal, pelo menos por enquanto, mas o faremos se for preciso...

...Se necessário iremos buscar a informação do por que a filha processou a mãe??? Ou a relação conflituosa entre o "parceiro" e parentes da "dita-cuja"??? Ou pior agora no campo profissional: Como pode ocupante de cargo de confiança continuar a dar aulas em colégio estadual???...

Estaremos levantando isso e informando neste espaço sem perder a personalidade e a opinião. No mais estaremos divulgando todos atos "culturais" e politicos que acontecem nos bastidores. Principalmente aqueles que têm CENTENAS DE TESTEMUNHAS para nos avalisar.

DEPOIS DO SUCESSO NA GLOBO A VOLTA CONTURBADA PARA CASA!!!


Preocupações de Adriana Birolli

Adriana Birolli em cena de manual Prático da Mulher Desesperada.
Uma curiosidade: Adriana Birolli anda preocupada. A atriz que fez fama nacional como a desbocada Isabel, de Viver a Vida, volta para casa pela primeira vez desde o fim da novela, com seu espetáculo Manual Prático da Mulher Desesperada. Dos tempos em que fazia teatro no bar Era Só o Que Faltava, diante de uma centena de espectadores e boêmios, se tanto.

Na nova realidade pós-sucesso nacional, ela se apresenta desta vez no Teatro Positivo, na sexta-feira da próxima semana, dia 27. Isso significa encarar uma plateia de mais de 2 mil lugares. Ou seja: ou seu público se multiplica por vinte, aumentando um bocado a responsabilidade da artista, ou o espaço fica meio vazio.

Não é o que a preocupa. Adriana teme um boicote dos curitibanos. Tanto que chegou a ligar para a redação do jornal para explicar que foi mal-interpretada na entrevista que deu meses atrás à Contigo. A mesma revista que recentemente a elegeu atriz revelação do ano.

Explica-se: Adriana falou à publicação sobre como se acostumou bem ao Rio de Janeiro. E fez algumas observações a respeito de Curitiba que, longe de serem ofensivas, assim estariam sendo lidas por pessoas daqui, motivando um suposto movimento de boicote à sua apresentação.

Ao telefone, ela esclarece espontaneamente que as frases foram tiradas de contexto e editadas para consolidar o elogio ao Rio de Janeiro, mas que sua vida está aqui. A prova, segundo ela, é que seu telefone celular continua com o código 41.


Frases:

"Sou determinada e, quando vim pra cá, há dois anos, tinha a convicção de que era para sempre. Chega um ponto em que você não tem mais para onde crescer em uma cidade como Curitiba."

"Curitiba é muito parecida com a Suíça, é uma cidade-modelo, toda organizada, limpa, todo mundo obedece, tudo funciona, é impressionante. É tudo muito careta, não num mau sentido, mas lá não tem ninguém na rua depois das 11 da noite. Eu gostava de lá, mas não tinha a experiência de morar no Rio. Ipanema é bem a minha cara."

Serviço:
Manual Prático da Mulher Desesperada
Teatro Positivo (Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300), (41) 3317-3283. Texto de Dorothy Parker. Direção de Ruiz Bellenda. Com Adriana Birolli. Dia 27 às 21 horas. R$ 64 e R$ 24.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

DERICO NO MARISTA DE LONDRINA!!!


Derico do 'Programa do Jô' é atração em Londrina

Músico irá se apresentar ao lado do irmão, no show que acontecerá na próxima sexta (21), a partir das 21h, no palco do Teatro Marista

Conhecido nacionalmente por fazer parte do sexteto do 'Programa do Jô', Derico Sciotti irá se apresentar ao lado do irmão Sérgio no palco do Teatro Marista, em Londrina, nesta sexta (21), a partir das 21h, abrindo o calendário comemorativos do aniversário de 45 anos da A.Yoshii Engenharia.

O músico, que já se apresenta junto do irmão a mais de 25 anos, tem em seu currículo apresentações ao lado de grandes nomes de música nacional e internacional como Ray Coniff, George Benson, Roberto Carlos e Gilberto Gil.

No show que farão na cidade, os músicos prometem uma apresentação marcada por muito humor e interação com a plateia. No repertório, eles tocarão músicas da MPB e clássicos de Elton John, Beatles, Queen, Eric Clapton, além de tocarem hits do mais novo trabalho da dupla: o CD 'Kizuma', todo em japonês.


'Serviço'

Apresentação do Duo Sciotti, com Derico e Sérgio Sciotti, em comemoração aos 45 anos da A. Yoshii

Quando: sexta, dia 21 de maio

Horário: às 21h

Local: Teatro Marista (Rua Cristiano Machado, 240), Londrina

Convites: cada ingresso está sendo trocado por um 1kg de alimento não perecível no show room da A. Yoshii (Avenida Madre Leônia Milito, 1800)

terça-feira, 18 de maio de 2010

PLUFT - O FANTASMINHA: SÁBADO EM FOZ DO IGUAÇU


PLUFT – 0 FANTASMINHA SE APRESENTA NO IGUASSU BOULEVARD

Pluft - O Fantasminha, é uma obra que encanta, não só pela magia que passa mas pela sua essência. O espetáculo foi escolhido pela ACPT pela proximidade com o mundo infantil de lirismo e fantasia, onde é possível resolver todos os problemas sem a necessidade de artifícios nocivos, tendo conquistado seis prêmios em um ano de temporada.

Pluft é um fantasminha que tem medo de gente. Mas em determinado momento ele se une com uma criança para enfrentar o mundo. A trama aborda sentimentos humanos, tais como solidão, medo, coragem e alegria, destaca Wanderlei dos Anjos, diretor. A peça é dotada de bastante ação e movimento, realismo e expressão, imaginação e fantasia. Ela consegue compor um mundo imaginário numa trama especialmente confabulada para crianças e adultos. É um espetáculo sadio que auxilia as crianças a situarem-se no contexto em que vivem.

A simplicidade, a beleza, a autenticidade e a seriedade fazem com que ela seja adequada e própria à criança. Esta peça é infantil, mas não pueril, nem vulgar. A dosagem de bom gosto e imaginação não permite que se desvie para uma profundidade mais complexa (hermetismo), nem superficialidade (mediocridade), ambas impróprias ao texto infantil.

Nele se concentra um despertar e alerta para as novas gerações, provocando uma postura crítica e criadora que procura formar uma nova mentalidade, mais humanista e transformadora.

O Grupo

A ACPT Associação Centro de Pesquisa Teatral existe desde 1993, antes fora um Grupo de Teatro, que para se tornar mais representativo e consolidar a característica abrangente do teatro, como força motriz das mudanças na sociedade, tornou-se uma Associação no ano de 2001.

Nos trabalhos infantis a ACPT buscou a valorização dos laços familiares, dos conhecimentos herdados dos mais antigos, do amor e da amizade, como forma de consolidação do caráter. Transferindo para as crianças a experiência de que para haver crescimento é preciso enfrentar seus medos e viver pautado nos valores familiares.
Outros espetáculos da ASSOCIAÇÃO CENTRO DE PESQUISA TEATRAL (ACPT): JOÃO E MARIA (1999), UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA (2004), O MENINO MALUQUINHO (2006) E O PEQUENO PRÍNCIPE (2010).


SERVIÇO:

ESPETÁCULO: PLUFT – O FANTASMINHA (MARIA CLARA MACHADO) GRUPO: ASSOCIAÇÃO CENTRO DE PESQUISA TEATRAL (CASCAVEL-PR) LOCAL: IGUASSU BOULEVARD SALA 01 DIA: 22 DE MAIO (SÁBADO) – 15 H E 17 H INGRESSOS: R$ 8.00 (ANTECIPADO, ESTUDANTES E NA HORA COM BÔNUS) R$ 16.00 (NA HORA SEM BÔNUS) ONDE COMPRAR: BABY CHIC (45) 3028-2303 / IGUASSU BOULEVARD (45) 3523-4245
MAIS INFORMAÇÕES DA ACPT EM www.acpt.com.br ou 45 – 3038 9766 e 9961 2700 / 9912 3780(Wanderlei dos Anjos ou Miriane Scussiatto).

domingo, 16 de maio de 2010

A TRADIÇÃO DO TEATRO LONDRINENSE!!!


'Navalha a Carne' comemora 20 anos do grupo Boca de Baco

A peça, que propõe um mergulho na alma do homem contemporâneo, narra os conflitos entre o cafetão Vado, a prostituta Neusa e o homossexual Veludo

Para comemorar seus 20 anos de trajetória em Londrina, o grupo Boca de Baco montou "Navalha na Carne", clássico do dramaturgo Plínio Marcos.

Depois da estreia com casa cheia na semana passada, o grupo volta a apresentar o espetáculo de sexta a domingo (14, 15 e 16), às 21 horas, no Teatro da Usina Cultural, em Londrina. A temporada prossegue até o final do mês.

O espetáculo é a 12ª montagem do Boca de Baco e tem no elenco os atores Jackeline Seglin e Nivaldo Lino (atores do grupo desde a sua fundação, em 1990), além de Poka Marques, que entra em cena como convidado.

"Navalha na Carne" é a peça mais montada de Plínio Marcos, ao lado de "Dois Perdidos Numa Noite Suja". A peça narra os conflitos entre o cafetão Vado (Nivaldo Lino), a prostituta Neusa Sueli (Jackeline Seglin) e o homossexual Veludo (Poka Marques).

Na montagem londrinense, a trama se passa num lugar indefinido, entre um desmanche de carro ou um armazém com peças de contrabando. "É um espaço de coisas descartáveis, como as vidas humanas que por ele passam. A montagem propõe um mergulho na alma do homem contemporâneo, que não se reconhece mais no outro, que se move com um egoísmo atroz, solitário e rumo ao vazio", discorre Luiz Vacazaras.


Serviço:

Espetáculo 'Navalha na Carne', de Plínio Marcos, do grupo de teatro Boca de Baco

Temporada: até 30 de maio, de sexta a domingo

Horário: 21 horas

Local: Teatro da Usina Cultural (Av. Duque de Caxias, 4159, esquina com São Salvador)

Duração: 55 minutos

Faixa etária: 16 anos

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia entrada para estudantes, pessoas com idade acima de 60 anos e filiados ao Sindicato dos Bancários).

A IMPORTÂNCIA DA INTERNET PARA O TEATRO!!!


Internet, a salvação para o teatro?

Nadja Naira em Descartes com Lentes: Valmir Santos viu no Festival Alternativo, em Bogotá, e comentou no blog do Teatro Jornal, que mantém desde março(foto acima).

No Caderno G deste domingo, publiquei uma matéria sobre como o teatro demora mas começa a aproveitar a internet como um espaço pra debater e se disseminar. Uma das novidades no ciberespaço é o site (e o blog) Teatro Jornal, do jornalista e crítico teatral Valmir Santos. Tentei entrevistá-lo para a matéria, mas as respostas chegaram tarde demais. Aqui estão.

Qual proposta norteia o Teatro Jornal?

Disponibilizar meus escritos sobre teatro, ontem e hoje, textos para jornais, revistas, especialização, mestrado, etc. É um projeto pessoal, mas que se pretende alargar para uma equipe futuramente. Ao revolver os registros, vi que a primeira reportagem data de 1990, quando eu pensava ser 1992, ano em que passo a editar o caderno de cultura no jornal O Diário de Mogi, em Mogi das Cruzes.

Quando foi fundado? E por que você decidiu por um espaço na internet?

Fiz o primeiro post em 20 de março de 2010, segundo dia em Bogotá, onde fui acompanhar o Festival Iberoamericano de Teatro. A decisão de partir para a web decorre do meu afastamento da redação de jornal, desde 2008, quando sai da Folha de S. Paulo. As ferramentas site e blog injetam mais autonomia editorial e sinto-me contracenando mais diretamente com a produção teatral. Ainda é cedo para concluir, mas, em menos de um mês, meu entusiasmo é grande.

Qual o seu público-leitor? Como ele responde, reage, participa?

Mulheres e homens da comunidade do teatro, com esperança de que não sejam cirscunscritos aos artistas, mas, num futuro não muito longe, também aos espectadores, aos espectadores críticos. Por enquanto os comentários gravitam em torno dos próprios artistas vinculados às artes cênicas.

Pela sua prática, que possibilidades o espaço virtual abre para o teatro, pensando por exemplo em sua disseminação, debate e até na preservação da memória?

Acho que a reflexão e o registro histórico são os principais vetores em relação ao teatro e seu espaço na internet. A sensação é de que ela vem absorvendo o espaço cada vez mais restritivo dos cadernos de cultura dos jornais diários das grandes cidades em relação ao universo das artes cênicas. Se teatro, dança, circo e ópera são primos pobres da indústria cultural, o território virtual constitui, paradoxalmente, a salvação da lavoura para essas artes presenciais em termos de visiblidade e "cultivo". Mas essa gradação ainda é lenta. A rigor, o teatro tem sido para poucos, não temos acesso a um sistema de educação que nos permita usufruir justamente uma cultura de teatro na qual, por exemplo, o espectador zele mais para que o celular não atrapalhe a apresentação.

Considera que o teatro brasileiro faz bom uso das potencialidades da internet?

Percebo que essa atração ainda é incipiente. Até agora, sobressaem a eficiência nas vendas de ingressos, na produção de conteúdos jornalísticos, mas, no campo da criação e da interface com os recursos do computador, tudo isso ainda engatinha. E talvez nunca se dê por completo, vai saber.

matéria da Gazeta do Povo 16/05/2010

SEGUNDA FEIRA EM TODOS ORGÃOS DE IMPRENSA DO BRASIL!!!


Padre Silvio Andrei é preso por nudez e embriaguez

Apresentador da Canção Nova teria feito proposta sexual a policiais durante abordagem. Advogado diz que padre misturou vinho com remédios controlados


O padre Silvio Andrei, 40 anos, foi preso na madrugada deste domingo (16) por policiais militares em Ibiporã. Ele foi autuado em flagrante por ato obsceno, embriaguez ao volante e corrupção ativa.

De acordo com a Polícia Militar de Ibiporã, por volta da 1h10 de hoje, o padre desceu nu de um veículo Fiat Idea, com placas de Belo Horizonte, e fez uma proposta sexual obscena a policiais militares e funcionários de uma empresa de transporte coletivo que estavam na avenida Paraná, região central da cidade.

Na sequência, o padre saiu com o carro e os policiais o seguiram. No bairro, Jardim Pastor, o sacerdote teria tentado ainda abordar um menino que conseguiu fugir. Neste momento, os policiais o abordaram e apesar dele inicialmente dizer que era professor da UEL, os documentos pessoais revelaram sua identidade. No banco traseiro do veículo, os policiais encontraram as vestimentas do sacerdote.

Segundo os policiais, ao perceber a grave situação em que estava, Andrei tentou oferecer todo o dinheiro que ele tinha na carteira para que não fosse preso. No caminho da delegacia, ele ainda teria reforçado a oferta, dizendo que conseguiria mais dinheiro para que não fosse autuado.

Andrei se recusou em fazer o teste do bafômetro mas segundo relatório da PM, ele exalava forte hálito etílico, estava com olhos avermelhados e tinha a fala desconexa.

Na delegacia, o padre negou a tentativa de suborno declarando que abordou os policiais pois estava perdido na cidade. Ele admitiu ter ingerido vinho em um casamento que participou antes do incidente e explicou a dificuldade para falar por conta de remédios que misturou com a bebida.

Segundo o advogado José Adalberto Cunha, o padre está detido na sala do carcereiro. A Justiça de Ibiporã negou a liberdade do sacerdota, sob a alegação de que não foram comprovas residência e ocupação profissional. O advogado entrou com pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça (TJ) e espera tirá-lo da cadeia ainda neste domingo.

O advogado de defesa do sacerdote, José Adalberto Cunha, relatou que Andrei celebrou um casamento, na noite do sábado (15) em Londrina. Na recepção, ele teria tomado duas taças de vinho e passado mal, pois o sacerdote estaria tomando remédios para depressão. "Quando ele saiu da festa sentido ao centro de Londrina, acabou se perdendo e foi parar em Ibiporã. No meio do caminho, Andrei passou mal e vomitou na batina, por isso, ele retirou os paramentos", declarou.

Silvio Andrei é sacerdote Palotino há quase 10 anos. Ele atuou durante anos na Catedral de Cambé e atualmente é Pároco da Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, que pertence à Região Episcopal Sé da Arquidiocese de São Paulo.

Ele também é membro da Comissão Arquidiocesana de Comunicação de São Paulo e Assessor de Comunicação da Região Episcopal Sé. Silvio Andrei ainda tem um programa semanal no canal católico Canção Nova.

EDGAR BUENO NÃO CONSEGUE GANHAR "UMA" NA JUSTIÇA!!!


A administração do Prefeito Edgar Bueno parece fadada a perder suas demandas judíciais! A última ocorrida na sexta-feira (14), é um exemplo da fragilidade que existe em sua Procuradoria Jurídica.

Mas não é apenas isso! Sem saber da decisão judícial, Edgar em seu programa semanal na Rádio Colméia que acontece todo sábado, desancou a agredir o MNLM chamamdo seus lideres de "malandros" entre outros impropérios. Isso tudo acompanhado por seu "procurador" Kennedy Machado, que avalisava a conduta "agressiva" (no melhor estilo Edgar Bueno), do prefeito.

O Prefeito que disse que iria tratar "essa gente", "esses malandros" no "cacete"... Perde novamente uma chance de "calar-se", de mudar seu perfil (pelo menos tentar), de ditador e ser racional. Não esperou a decisão judicial e novamente como o peixe "morre pela boca".

Edgar Bueno já perdeu em primeira instância as seguintes demandas judíciais: "A INVASÃO DA BANCA DO WALTÃO, A COBRANÇA DA TAXA DE SINISTROS, A LICITAÇÃO DOS QUIOSQUES DO CALÇADÃO E AGORA OS TERRENOS DO PESSOAL DO MNLM". Isso numa rápida lembrança sem nenhum tipo de pesquisa.

O prefeito de Cascavel "afunda" literalmente a campanha do filho a deputado estadual. Suas ações "destemperadas e intempestivas" serão lembradas durante a campanha e o reflexo de seu humor acontecerá nas urnas em 03 de outubro.

sábado, 15 de maio de 2010

RACHA NO PMDB - COMISSÃO DE ÉTICA PODERÁ SER ACIONADA!!!


Parece que o Governador do Estado do Paraná terá um grande problema no PMDB da principal cidade do oeste. A coisa nos bastidores está "mais do que quente".

O Diretor da Regional de Saúde Marcos Thomasetto, poderá ir do "paraíso ao inferno" dentro do partido. Depois de ser cogitado como "possível" Secretário de Estado da Saúde, deverá responder processo "ÉTICO-DISCIPLINAR" dentro do Partido por querer "intimidar" componente do PMDB que exigiu que Thomasetto tivesse atitude "partidária" na composição dos CARGOS DE CONFIANÇA da Regional de Saúde.

Por não confiar no PMDB de Cascavel, a denúncia deverá ser efetuada no partido em Cascavel e também na instância regional, para que se tenha uma ação real contra àqueles que ocupam cargos e trabalham contra os interesses do PMDB.

O VELHO GAGÁ E O ANALFABETO!!!



Com esses termos pejorativos o atual prefeito Edgar Bueno tratou dois dos maiores expoentes da moral, do zelo, da história e da decência cascavelense. Isso num passado muito recente!

O que a população não consegue entender, é como duas pessoas que estiveram de uma forma "ferrenha" em lados opostos do atual prefeito conseguem se "harmonizar" e ter clima para realizar projetos do "ex-inimigo"???!!!

JADIR DE MATOS, sistematicamente tem sentido o peso da traição. Teve como prêmio consolação por sua lealdade à Edgar 30 dias no posto de prefeito, entretanto não tinha "tinta na caneta" pois os "cães de guarda" de Edgar Bueno (Frare e Alisson), ditavam as normas, e Jadir chegou a passar "vergonha" (como pfrefeito), de ter uma ordem sua de aumento para uma "boa" funcionária negada por Alisson da Luz.

RENATO SILVA, querido amigo e ex-companheiro de PMDB! Foi Vereador, Presidente da Câmara, Prefeito interino, Secretário de Administração e Secretário de Industria e Comérico. No setor privado, um homem de sucesso no ramo da comunicação e educação. Estranhamente estamos vendo uma pessoa que "se dizia" determinada e séria jogar para o "ar" suas ideologias e objetivos politicos. Renato abandona o grupo em que estavam pessoas como: Pessutão, Frangão, Salazar, Julio Leme, Walter Parcianello, entre outros e, de forma (no mínimo) suspeita se aloja na "casa do inimigo".

Agora é esperar pra ver: O VELHO GAGÁ (Jadir assim foi tratado públicamente por Edgar Bueno), já foi útil para o prefeito na eleição passada e agora é descartável.
O ANALFABETO (tratamento dado por Edgar Bueno ao oponente Renato Silva, nos bastidores dos debates em 2004), será útil agora numa tentativa desesperada de conseguir apoios para alavancar a candidatura do filho André, que não consegue sair da casa dos 5 % (cinco por cento), em todas sondagens feitas em Cascavel. Depois disso Renato Silva deverá amargar também mais uma traição de Edgar, e carregar algum outro tipo de "adjetivo" que o prefeito deverá lhe imputar.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

ATENÇÃO VEREADORES! FESTA DA POLENTA PATROCINADA POR EDGAR BUENO!!!






Quando se planta a bela polenta,
a bela polenta se planta assim,
se planta assim, se planta assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum.
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando cresce a bela polenta,
a bela polenta cresce assim,
se planta assim, cresce assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando floresce a bela polenta,
a bela polenta floresce assim,
se planta assim, cresce assim,
floresce assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando se mescla a bela polenta,
a bela polenta se mescla assim,
se planta assim, cresce assim,
floresce assim, se mescla assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando se corta a bela polenta,
a bela polenta se corta assim,
se planta assim, cresce assim,
floresce assim, se mescla assim,
se corta assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando se come a bela polenta,
a bela polenta se come assim,
se planta assim, cresce assim,
floresce assim, se mescla assim,
se corta assim, se come assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando se saboreia a bela polenta,
a bela polenta se saboreia assim,
se planta assim, cresce assim,
floresce assim, se mescla assim,
se corta assim, se come assim,
se saboreia assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando acaba a bela polenta,
a bela polenta acaba assim,
se planta assim, cresce assim,
floresce assim, se mescla assim,
se corta assim, se come assim,
se saboreia assim, acaba assim.
Bela polenta assim.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

ATENÇÃO PROCON, PRODUTORES E PLATÉIA EM GERAL!!!


Produtor do “Abba – The Show” é preso em Goiás

Um dos quatro organizadores do show da banda Abba The Show foi preso em Goiânia (GO) nesta quinta-feira. Seu nome não foi divulgado. Conforme a polícia, os organizadores vão responder por propaganda enganosa. Segundo o promotor da apresentação em Foz do Iguaçu, Jesse Bianchini, o show, marcado para o dia 19 de maio, está confirmado.


Um dos quatro organizadores do show da banda Abba The Show foi preso em Goiânia (GO) nesta quinta-feira (13) pela Delegacia da Defesa do Consumidor. Conforme a delegada Alessandra Batista Dias, que cuida do caso, os organizadores vão responder por propaganda enganosa.

A polícia começou a investigar o caso após uma série de reclamações de fãs que avisam comprado o ingresso e se sentiram lesados quando descobriram que não se tratava da banda original. Outdoors anunciando o show foram espalhados pela cidade. No entanto, as placas não diziam que era uma imitação, levando o consumidor a crer que seria uma apresentação da banda original.

Depois de ser preso, o homem – que não teve o nome divulgado - pagou fiança de R$ 2 mil e foi liberado para responder em liberdade. Um sócio dele se apresentou espontaneamente à polícia e ganhou o direito de responder ao processo em liberdade. De acordo com a delegada, os outros organizadores estão sendo procurados.

Show confirmado em Foz – Segundo o promotor da apresentação em Foz do Iguaçu, Jesse Bianchini, o show - marcado para o dia 19 de maio, no Centro de Convenções - está confirmado, já que o fato em Goiânia teria sido “um caso isolado”. “O organizador de lá fez a divulgação do modo errado. Desde que compramos os direitos do show, nos comprometemos, por contrato, a deixar claro que se trataria de uma banda cover”, explica.

O “ABBA The Show” é uma realização do grupo sueco Waterloo. Membros da Orquestra Nacional Sinfônica de Londres e o saxofonista Ulf Anderson e o baterista Roger Palm, ambos do grupo original, completam o conjunto.

A banda original - Fenômeno nos anos 70, o grupo Abba parou de se apresentar em 1983. A banda cover que está no Brasil tem permissão para tocar suas músicas. Dois dos quatro integrantes da Abba The Show foram integrantes da banda de apoio do quarteto original.

(Portal H2FOZ - Marcos Oliveira)

EM CASCAVEL HAVIA O "FICA". ACABARAM! EM LONDRINA O "FILO" CONTINUA FORTE!!!


Ana Carolina abre o Filo com show no Zerão

Apresentação em 29 de maio será aberta ao público. Confira valor de ingressos e a programação teatral com 16 espetáculos internacionais e 34 nacionais

A edição 2010 do Festival Internacional de Londrina (FILO), que acontece de 10 a 27 de junho, será oficialmente lançada para o público no dia 29 de maio, com uma apresentação da cantora Ana Carolina no Anfiteatro do Zerão. A escolha deste show resgata a proposta do FILO de lançar o evento com grandes atrações ao ar livre e reforça o caráter do Festival de contemplar várias linguagens artísticas em sua programação.

Em 2010, o FILO completa 42 anos, consolidando-se como o mais antigo evento do gênero na América Latina. A programação internacional traz 16 espetáculos de 14 grupos vindos de Portugal, França, Espanha, Itália, Turquia, Alemanha, Estados Unidos, Uruguai, Chile e Argentina.

Do Brasil, grupos de nove cidades apresentarão 26 espetáculos para o público em geral e mais oito na Tenda da Mostra Infantil, sucesso nas edições 2007 e 2008 do FILO que está de volta agora em 2010. Uma grande estrutura será montada no gramado central do Zerão (parque de lazer da cidade), com atrações especiais para a criançada.

A programação terá ainda a tradicional agenda de atividades formativas (oficinas, lançamentos, palestras) e os projetos socioculturais, que serão divulgados em breve pela organização do Festival.

Segundo o diretor do FILO, Luiz Bertipaglia, a programação será espalhada por vários espaços, como os teatros Ouro Verde, Zaqueu de Melo e Marista, Sala Sesc Londrina, Teatro FILO, Teatro da Usina Cultural, Escola Municipal de Teatro, Concha Acústica e a Tenda da Mostra Infantil no Zerão, além de praças e ruas da cidade.

Para Bertipaglia, "a edição 2010 do FILO busca manter a qualidade artística e o espírito provocativo que marcaram a história do Festival ao longo de mais de quatro décadas de existência, além de destacar na programação espetáculos para grandes públicos, como é o caso do show no Anfiteatro do Zerão".

Internacionais

Com o patrocínio de importantes parceiros, o FILO tem mais uma vez a oportunidade de trazer ao Brasil atrações como a Companhia Marta Carrasco, (Espanha) e a Companhia do Chapitô (Portugal), ambos conhecidos da plateia do FILO.

Marta Carrasco traz "Dies Irae, en el Réquiem para Mozart", um espetáculo criado e dirigido por ela, com 13 intérpretes (atores, bailarinos e cantores) que desnudam a liturgia e mostram, sem concessões, a debilidade da verdade. Nesta montagem, a imortalidade da música desafia qualquer olhar asséptico frente ao mundo e convida a dizer, fazer e ouvir a perversão da vida.

Já os atores da Companhia do Chapitô vão mostrar agora a comédia "A Tempestade", baseada no clássico de Shakespeare. Nesta adaptação, três atores se desdobram em dez personagens para contar uma história de magia, monstros e espíritos de uma ilha em um mar distante, usando o mínimo de recursos em cena: um pano preto e um livro.

A companhia do italiano Pippo Delbono apresentará o provocativo "Guerra", inspirado na "Odisséia" de Ulisses (poema épico de Homero). Este trabalho surge do desejo de representar a vida que nasce na marginalidade, na doença e no sofrimento, e traduzi-la em gritos, em dança, em atuação. Sem diálogo ou personagens reais, essa história é composta de fragmentos de várias outras histórias de pessoas que perambulam pelo mundo da "anormalidade", da loucura, e que se reúnem em torno do mágico mundo do teatro.

A programação traz como representantes do teatro latino-americano o La Cuarta Colectivo Artístico (Uruguai), com "Gatomaquia"; o Teatro en El Blanco (Chile), com duas montagens, "Diciembre" e "Neva"; e o ator Mike Amigorena (Argentina), com "La Noche Antes que Los Bosques".

O público ainda poderá acompanhar na programação a performance de artistas em técnicas de Teatro de Bonecos. Da Europa, a Compagnyia Pelmànec (Espanha) apresentará "Don Juan, Memória Amarga de Mi"; a Cie. Bakélite (França) mostrará "Braquage"; Marc Schnittger (Alemanha) virá a Londrina com "LIFE.Stories", e a Cie. Lês Trois Clés (França), com "La Gigantea".

Atores e bonecos contracenam no espetáculo "El Ultimo Herdero", da companhia chilena Viaje Inmóvil . Dos Estados Unidos, a Redmoon Theatre Company trará "The Cabinet", versão do filme "O Gabinete do Dr. Calligari" para teatro de marionetes.

Para completar a programação internacional, o espetáculo de dança "Dervish", do coreógrafo e bailarino Ziya Azazi (Turquia), e o trabalho de circo, dança, teatro, vídeo e música do equilibrista e dançarino Jean-Baptiste André (França), que apresentará dois espetáculos: "Intérieur Nuit" e "Modules".

Brasil no palco

Este ano, o FILO levará ao público 34 produções brasileiras. Montagens que se destacaram no cenário nacional, como "Memória da Cana"/Os Fofos Encenam (São Paulo) e "O Sobrado"/Grupo Cerco (Porto Alegre/RS) serão apresentadas nos primeiros dias do Festival.

A programação inclui ainda outros grupos e artistas de São Paulo, Rio de Janeiro, Londrina, Curitiba, Maringá, Porto Alegre, Brasília, São José do Rio Preto e Belo Horizonte (confira abaixo a relação completa de espetáculos).

Oito produções compõem a programação da Tenda da Mostra Infantil: "A Lenda do Príncipe que Tinha Rosto"/Cia. de Teatro Artesanal (Rio de Janeiro); "Encantadores de Histórias"/Grupo Caixa do Elefante (Porto Alegre); "Cidade Azul"/Cia. Trucks Teatro de Bonecos (São Paulo); "Ogroleto"/Karen Acioly (Rio de Janeiro); "Marcelo, Marmelo, Martelo"/Cia. Azul Celeste (São José do Rio Preto); "O Cano"/Circo Teatro Udi Grudi (Brasília); "O Trenzinho do Caipira"/Cia. do Abração (Curitiba), e "A Incrível Viagem da Família Aço"/ Cia. Entreato (Rio de Janeiro).

No total, mais de 100 apresentações estão programadas.

Ingressos

A venda de ingressos para o FILO 2010 começa no dia 29 de maio (sábado), quando serão abertas as bilheterias no Royal Plaza Shopping (Rua Mato Grosso, 310).

Como no ano passado, o público receberá um "cardápio" de espetáculos para fazer a escolha de dias e horários enquanto aguarda a vez, agilizando a compra no guichê. O FILO também disponibilizará informações sobre compra de meia-entrada e ingressos com descontos na página www.filo.art.br.

O valor dos ingressos para os espetáculos varia de R$ 7,50 a R$ 20,00 (dependendo do local do espetáculo e/ou do setor do teatro).

Organização

O Festival Internacional de Londrina é uma realização da Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná (Àmen) e Universidade Estadual de Londrina. O FILO 2010 tem como patrocinadores a Petrobras, Prefeitura de Londrina, Funarte, Caixa Econômica Federal, Governo do Estado/Secretaria de Estado da Cultura, Governo Federal – Ministério do Turismo e Ministério da Cultura / Lei de Incentivo à Cultura.

Toda a programação do FILO 2010 e outras informações estarão disponíveis em breve no site www.filo.art.br

Serviço:

FILO 2010 – Festival Internacional de Londrina – De 10 a 27 de junho. Lançamento oficial: 29 de maio, no Anfiteatro do Zerão.

Realização: Àmen (Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná) e Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Patrocínio: Petrobras, Prefeitura de Londrina, FUNARTE, Caixa Econômica Federal, Governo do Estado/Secretaria de Estado da Cultura, Governo Federal - Ministério do Turismo, Ministério da Cultura / Lei de Incentivo à Cultura.

Ingressos: A venda de ingressos começa no dia 29 de maio (sábado), no Royal Plaza Shopping (Rua Mato Grosso, 310) – ponto exclusivo. O valor dos ingressos para os espetáculos varia de R$ 7,50 a R$ 20,00.

Informações: (43) 3322-1787, 3324-9202 ou www.filo.art.br.

Espetáculos - FILO 2010

Internacionais

01. A TEMPESTADE – Cia. do Chapitô (Portugal)

02. BRAQUAGE – Cie. Bakélite (França)

03. DERVISH – Ziya Azazi (Turquia)

04. DICIEMBRE – Teatro en el Blanco (Chile)

05. DIES IRAE; EN EL RÉQUIEM DE MOZART – Cia. Marta Carrasco (Espanha)

06. DON JUAN, MEMÓRIA AMARGA DE MI – Companyia Pelmànec (Espanha)

07. EL ÚLTIMO HERDERO – Cia. Teatro Viaje Inmovil (Chile)

08. GATOMAQUIA – La Cuarta Colectivo Artístico (Uruguai)

09. GUERRA – Cia. Pippo Delbono (Itália)

10. INTÉRIEUR NUIT – Jean-Baptiste André (França)

11. LA GIGANTEA – Cie. Les Trois Clés (França/Brasil/Chile/Romênia)

12. LA NOCHE ANTES DE LOS BOSQUES – Mike Amigorena (Argentina)

13. LIFE.stories – Marc Schnittger (Alemanha)

14. MODULES – Jean-Baptiste André (França)

15. NEVA – Teatro en el Blanco (Chile)

16. THE CABINET – Redmoon Theater Company (EUA)

Nacionais

17. A INCRÍVEL VIAGEM DA FAMÍLIA AÇO – Cia. Entreato (Rio de Janeiro/RJ)

18. A LENDA DO PRÍNCIPE QUE TINHA ROSTO – Cia. de Teatro Artesanal (Rio de Janeiro/RJ)

19. ACORDA ZÉ! A COMADRE TÁ DE PÉ – Grupo Moitará (Rio de Janeiro/RJ)

20. AQUELES DOIS – Cia. Luna Lunera (Belo Horizonte/MG)

21. CABUL – Cia. Amok (Rio de Janeiro/RJ)

22. CIDADE AZUL – Cia. Truks (São Paulo/SP)

23. DETERMINADAS PESSOAS – WEIGEL – Esther Góes (São Paulo/SP)

24. DOIDO – Elias Andreato (São Paulo/SP)

25. ENCANTADORES DE HISTÓRIAS – Cia. Caixa do Elefante (Porto Alegre/RS)

26. H3 – Grupo de Rua /Bruno Beltrão (Rio de Janeiro/RJ)

27. MARCELO, MARMELO, MARTELO – Cia. Azul Celeste (São José do Rio Preto/SP)

28. MEMÓRIA DA CANA – Os Fofos Encenam (São Paulo/SP)

29. O AMOR DE PERI E CECI – Circo Teatro Sem Lona (Maringá/PR)

30. O CANO – Cia. de Teatro Circo Udi Grudi (Brasília/DF)

31. O DRAGÃO – Cia. Amok (Rio de Janeiro/RJ)

32. O PATO SELVAGEM – Cia. Les Commediens Tropicales (São Paulo/SP)

33. O SOBRADO – Grupo Cerco (Porto Alegre/RS)

34. O TRENZINHO DO CAIPIRA – Cia. do Abração (Curitiba/PR)

35. OGROLETO – Cia. Borogodó / Karen Acioly (Rio de Janeiro/RJ)

36. VIDA – Companhia Brasileira de Teatro (Curitiba/PR)

37. A MEGERA DOMADA – Artes Cênicas UEL - Londrina

38. BERÇO DE ESPUMA – Papo Corpóreo - Londrina

39. BONANZA – Grupo "Aspas" - Londrina

40. CABARÉ DA CONFRARIA – Cia. Confrades - Londrina

41. DRÁCULA – Circo de Palhaços do Picolino - Londrina

42. HOMENS LIVRES – Cia. Teatro de Garagem - Londrina

43. MANCHA ROXA – Cia. Funcart de Teatro - Londrina

44. A METAMORFOSE – Circo de Palhaços do Picolino - Londrina

45. MOVIMENTO MÍNIMO – Artes Cênicas UEL - Londrina

46. NAVALHA NA CARNE – Grupo Boca de Baco - Londrina

47. OLHARES GUARDADOS – Expressividade Cênica para Deficientes Visuais - Londrina

48. PÂNDEGA - Trupe Tangará - Londrina

49. SOBRE O TEOREMA OU A SOLIDÃO DOS OBJETOS – Artes Cênicas UEL - Londrina

50. YEMANJÁ DE SÃO SARUÊ – Cia. de Theatro Fase 3 - Londrina

* Programação sujeita a alterações

** As informações são da assessoria de imprensa do Filo

quinta-feira, 13 de maio de 2010

DEU NO BLOG POLITICA CASCAVEL!!!


O GOLPE DA COHAVEL

Quem não se lembra do fato de no início da gestão Edgar Bueno o Prefeito ter feito de tudo para extinguir a COHAVEL
Passados 1 ano e 4 meses e depois da frustrada tentativa do Prefeito ter dado com os burros n'agua, começam a aparecer os fatos que levaram Edgar a tentar sepultar a Cohavel.
O Interesse do Prefeito foi relatado pelo Presidente do MNLM na Câmara Municipal de Cascavel nesta terça-feira.
O Interesse segundo Silvio Gonçalves é de turbinar as loteadoras e construtoras em Cascavel que oportunamente faturam alto com as Casas que até então eram construidas pela Autarquia Municipal.
Para se ter uma idéia, uma casa construida pela Cohavel custa 40% menos que uma casa construida por uma empresa privada.
A Cada 1000 casas construidas pelas construtoras a Cohavel faria 1400 casas, pois não visa lucro e poderia reduzir significativamente os lucros.
Ademais o fato de em Cascavel o Prefeito ter prometido fazer 1000 casas em 2009 e não ter construido nenhuma casa foi outro fato muito criticado na sessão da Câmara Municipal.

O "INVASOR" EDGAR BUENO É CONTRA AS INVASÕES!!!






Cara de pau esse prefeito de Cascavel! Quando postei que ele está ficando "mestre" na arte de contar piadas não imaginei que estava num nível tão elevado!!!

Hoje pela manhã ouvi na rádio CBN uma entrevista do "clown" Edgar Bueno, em que ele acusa o MSLT, MNLM e outros movimentos organizados de "malandros" e indiretamente de "invasores" ao citar que é contra as "invasões" na mesma entrevista.

Comediante esse EDGAR BUENO. Depois de "comandar" a INVASÃO da empresa de direito privado BANCA DO WALTÃO na calada da madrugada do dia 20 de julho do ano passado, vem a público acusar MOVIMENTOS SOCIAIS organizados e legitimamente constituídos de agressores aos interesses públicos.

Edgar Bueno, o prefeito, ORDENOU sem nenhum constrangimento que a GUARDA MUNICIPAL e CETTRANS invadissem a BANCA DE REVISTAS DO WALTÃO, sem possuir qualquer tipo de documento judícial ou legal. Mostrou força numa situação onde a serenidade da negociação seria o argumento mais exemplar.

O prefeito de Cascavel CONCEDEU o aval para que qualquer CIDADÃO que sente-se lesado tome a mesma atitude que ele tomou, e depois responda judicialmente por seus atos. Sendo que o mesmo não deverá responder individualmente pelos seus atos como "prefeito", entretanto está aí a ação necessária de "sobrevivência", o que não foi o caso da INVASÃO DA BANCA DO WALTÃO.

O que o povo deve fazer é "execrar" públicamente as MENTIRAS e DESMANDOS de Edgar Bueno, atacar e denúnciar as falcatruas que acontecem sistematicamentes em sua administração. E se preciso for os movimentos organizados devem FECHAR AS PORTAS DA PREFEITURA como os estudantes têm feito com a ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA do Paraná.

ACIMA FOTOS DA INVASÃO DA BANCA DO WALTÃO. AGUARDEM EM BREVE VÍDEO JORNALÍSTICO COM A POSIÇÃO DA SOCIEDADE ORGANIZADA SOBRE ESSE FATO.

EDSON BUENO ANALISA ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS!!!


EMBORA NÃO TENHA NADA A VER COM LEWIS CARROLL...

... “Alice no País das Maravilhas”, de Tim Burton tem lá suas qualidades, poucas, mas tem. O melhor do filme são os personagens e a sua composição, digamos assim, pictórica; porque convenhamos, neles é possível imaginar que Tim Burton tinha (ou teria?) ideias interessantes para explorar num filme, mas definitivamente, entreguou-se de corpo e alma ao “stablishment” e vendeu a alma. Hoje é um diretor que não tem pudores em reduzir tudo ao óbvio para conquistar bilheterias e conseguir altas granas para delírios visuais. É isso. O filme é uma redução, digamos assim “talentosa” do livro. Nem dá pra dizer que é uma adaptação porque não é. É uma utilização dos personagens de Lewis Caroll para uma outra história, bem comum, banal, básica e óbvia. Enquanto tudo vai sendo construído e a força da imaginação é a receita, até que o espírito da reflexão sobre a fantasia e a loucura convencem. Ainda um pouco, quando também o espírito do nonsense desenfreado parece dar as caras, o universo de Tim Burton parece se entrelaçar ao universo de Lewis Carroll. Mas quando, do meio pra frente, a história tem que fazer sentido, tudo vira o rame-rame da receita hollywoodiana e o melhor é substituído pelo pior. É quando assume a cena o vilão sem graça e óbvio e é quando tudo se completa na famosa batalha dos exércitos do bem contra o mal, que já estamos carecas de assistir em “O Senhor dos Anéis”, “As Crônicas de Nárnia” e outros filmes menos cotados. É quando aparece o dragão assustador (nesse filme nem tanto) roubado de “A Bela Adormecida” e tantos outros filmes do gênero e é quando Alice vira o herói mais óbvio e sem convicção. Tudo perde a graça, já que o princípio da imaginação, vivo e poderoso na literatura de Carroll e pregado pelo início do filme, dá lugar a clichês óbvios que refletem justamente a falta de imaginação. O nonsense é substituído pelo moralismo e o que era loucura vira receita de como viver “sua própria vida”. Uma pena, porque, sucessos à parte, já não se pode esperar muito de Tim Burton. Daqui a pouco ele vira um chato de verdade, que acredita que imagem é que é arte e não elaboração de ideias. Orson Welles disse que a imaginação é mais importante que o conhecimento e Tim Burton com sua “Alice no País das Maravilhas” prova que a imaginação é solapada pelo conhecimento da fórmula de “encantar” multidões. É um filme belo e Johnny Depp, Helena Bonham Carter e Anne Hathaway são brilhantes; enquanto algumas composições em animação como o Coelho Branco e o Gato de Ceshire são encantadores; mas o filme, por sua redução e comprometimento, não trancende e a sensação após o seu final é do mais profundo vazio. Ah, que saudade de “Edward Scissorhands”, “Ed Wood” e “Beetle Juice”. Fazer o quê? E um último comentário, sobre o 3D: diria que nesse filme, atrapalha.

Escrito por Edson Bueno às 01h17

EDGAR ANDOU PROMETENDO A VOLTA DO FERCAPO (É CLARO QUE NÃO VAI CUMPRIR). EM MARINGÁ O FEMUCIC ESTÁ A TODO VAPOR!!!


32ª Edição do Femucic traz raízes da cultura brasileira

Neste ano, os maringaenses poderão apreciar 56 músicas que serão apresentadas, com artistas vindos de 18 estados, representando todas as regiões

Com a intenção de difundir a cultura do Brasil como um todo por meio da música, o Femucic (Mostra de Música da Cidade Canção) chega a sua 32ª Edição com os mais variados gêneros e ritmos nacionais.

Esta pluralidade cultural pode ser conferida nos espetáculos que acontecem no teatro Calil Haddad, em Maringá, entre as noites de 19 a 22 de maio. Para assistir, basta retirar gratuitamente os ingressos na Unidade de Serviço do Sesc, idealizador do projeto.

Neste ano, serão 56 músicas apresentadas, com artistas vindos de 18 estados, representando todas as regiões. Isso mostra o comprometimento com a pluralidade cultural, expressa em uma das artes mais difundidas.

Ao atingir sua maturidade, o Femucic não se atém somente em difundir nossas diferentes vertentes culturais, mas prima pela qualidade técnica. Quem ganha com essa evolução constante é o público ao contemplar espetáculos que aguçam os sentidos.

Ao fim das apresentações será selecionado o repertório para compor o 15º CD e do 2º DVD do Femucic.

Serviço:

32ª Femucic – Mostra de Música da Cidade Canção

Quando: de 19 a 22 de maio

Local: Teatro Calil Haddad - Maringá

Entrada franca

quarta-feira, 12 de maio de 2010

SOCIEDADE ORGANIZADA DE FOZ É CONTRA O USO DE IMAGENS DA CIDADE NO FILME "TRIPLE FRONTIER"!!!


A respeito das filmagens de "Triple Frontier" (Tríplice Fronteira), o novo filme da cineasta Kathryn Bigelow, as entidades abaixo relacionadas, que representam o setor turístico de Foz do Iguaçu, vêm a público divulgar a seguinte Nota Oficial:
até o momento, não houve nenhum contato oficial ou extra-oficial sobre a produção do filme. As únicas informações de que dispomos sobre o roteiro são as veiculadas na imprensa.

Pelo que sabemos, "Triple Frontier" será um filme de ficção, a ser realizado, provavelmente, em estúdio, com montagem cenográfica, sem qualquer vínculo real com a nossa cidade e região.

No entanto, estamos dispostos a conversar, conhecer melhor os detalhes do roteiro, entender o porquê da temática do filme e as razões da escolha da região.

De antemão, podemos garantir que não permitiremos, sem o nosso prévio consentimento – e isso vale para "Triple Frontier" ou qualquer outra obra cinematográfica –, o uso de qualquer imagem relacionada aos nossos atrativos turísticos, especialmente das Cataratas do Iguaçu e da Itaipu Binacional, no filme.

A liberação de qualquer imagem turística, bem como a permissão para filmagem de qualquer cena na cidade de Foz do Iguaçu, só será autorizada após leitura e aprovação do roteiro e o pagamento dos direitos de uso de imagem.

Sobre a suposta temática do filme, acreditamos que não há elementos concretos para se afirmar qualquer conexão de empresários, entidades ou pessoas de ascendência árabe da fronteira com o financiamento de grupos terroristas islâmicos. Steven Monblatt, secretário do Comitê Interamericano Contra o Terrorismo, da Organização dos Estados Americanos (OEA), disse, reiteradas vezes, inclusive numa visita pessoal a Foz do Iguaçu, que não há provas dessa vinculação.

As entidades que representam o turismo regional exigem que os governos brasileiro, argentino e paraguaio cobrem, por meio de notas diplomáticas, desmentido formal do Departamento de Estado dos Estados Unidos e da Organização dos Estados Americanos sobre essas acusações infundadas que há muito tempo contribuem para a desinformação, causando ofuscamento e danos irreparáveis para a imagem do Destino Iguaçu no Brasil e em todo o mundo.

Obs.: Materil originário de "H2FOZ - O Portal das Cataratas". A opção de não sitar as entidades contrárias é do editor do anjos da cultura.

terça-feira, 11 de maio de 2010

DEBANDADA DA CULTURA!!!


A situação entre funcionários e COMANDO da Secretaria Municipal da Cultura não está nada bem. Vários concursados e não concursados têm reclamado publicamente dos desmandos e forma de agir dos chefes para com subordinados. Há casos onde funcionários estão procurando o Sindicato dos Servidores para abrir processos de ASSÉDIO MORAL.

Vamos nominar uma pequena lista de funcionários que pediram tranferência ou a "conta" da Secretaria da Cultura: Gelson, Dilse (do Dorian, saiu hoje), Helena (do médico - foi execrada pela secretária), Santana, Chiquinho, Maicon e Marquito. O último dizem que por não aguentar tanta incompetência "pediu a conta".

Difícil a situação do Prefeito Edgar, o calcanhar de Aquiles de sua administração é o fator HUMANO, pois cada vez mais fica claro que seus "companheiros" estão deixando a desejar, e não é apenas na Cultura.

Na Secretaria de Esportes o Secretário Juarez Berté é acusado de passar as quartas "PESCANDO" na sua fazenda em Nova Laranjeiras. O Presidente da FUNDETEC juntamente com o Procurador JURIDÍCO são acusados de ASSÉDIO MORAL. O Secretário de Administração Alisson Ramos da Luz, indiretamente "benefíciou" o própio PAI ao avalizar uma licitação ganha pela EMPRESA DA FAMÍLIA. A Industria e Comércio "não sai do lugar", Edgar deixou SUSANA em situação difícil ao "cogitar" RENATO SILVA em sua equipe, mesma situação de SAIA JUSTA está MARISTELA BECKER com a saída de VALDECIR NATH da Câmara de Vereadores...

Se a Cultura vai mal, é apenas um detalhe pois a Judete Bilibio está para cair da mesma forma que o "Canto" na Saúde. Então está cada vez "mais claro em minha cabeça" (Renato Silva): O EDGAR TÊM UMA DAS PIORES EQUIPES DA HISTÓRIA DO MUNICÍPIO... Até o FRARE tem feito CAGADAS!!!...

MEDÉIA COM DIREÇÃO DE MARCHIORO VOLTA AOS PALCOS!!!


Tragédia grega volta aos palcos após cinco anos

'Medéia', que será apresentada de maio a junho no Guaíra, contará a história de um casal que é exilado juntos com os filhos na cidade de Corinto

Estréia na próxima quinta (13), no Teatro Guaíra, a montagem da tragédia grega Medéia, com direção de Marcelo Marchioro, que volta aos palcos cinco anos depois de sua última direção, Pico na Veia.

No elenco estão Claudete Pereira Jorge e Helena Portela. A peça é uma livre adaptação do texto original de Eurípedes (de 427 a.C.) Na montagem, as únicas personagens em cena são Medéia (Claudete Pereira Jorge) e sua Ama (Helena Portela). Todas as figuras masculinas foram suprimidas do texto original, assim como o coro.

A ação da peça se passa na cidade de Corinto, onde Jasão e Medéia vivem exilados com seus filhos. Tudo acontece em apenas um dia. A personagem é abandonada por Jasão, que vai se casar com a filha do rei Creonte, Glauce (na peça seu nome não é mencionado).

Ameaçada ser expulsa da cidade, Medéia vinga-se matando a noiva, o rei e, por último, seus próprios filhos. Medeía consegue que Jasão deixe seus filhos levarem presentes para Glauce, sob o pretexto de conseguir as boas graças da princesa para as crianças, que assim poderiam ficar com o pai.

Dois presentes envenenados: um diadema e um véu que, imediatamente após serem vestidos, pegam fogo. Glauce morre com os piores tormentos. O rei, vendo a filha morrendo, tenta ajudá-la e também morre. Jasão corre para casa para castigar Medéia e lá encontra os filhos mortos.

O texto de Euripedes levanta algumas questões sobre a condição feminina na Grécia antiga. Medéia reflete sobre o que é ser mulher neste contexto, em que não pode recorrer ao exercício da pública razão para se defender judicialmente.

Em suas lamentações, Medéia diz: "De todos os seres que possuem vida e inteligência, somos nós, mulheres, a mais infeliz criação; submetida às ordens dos homens, temos nossos filhos com dor e sofremos, impotentes, suas traições e caprichos".


Serviço:

Espetáculo 'Medéia'

Quando: de 13 Maio à 20 Junho de 2010

Horário: sexta à sábado 21h e domingo 19h

Local: Teatro Guaíra - Guairinha

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada)