quarta-feira, 15 de junho de 2011

ACPT REALIZA OFICINA/SELEÇÃO DE ATORES EM JULHO!!!


A ACPT (Associação Centro de Pesquisa Teatral), uma das entidades mais atuantes no setor teatral do Paraná estará realizando uma oficina/seleção de atores e atrizes nos dias 14, 15 e 16 de julho. As inscrições estão abertas e quem tiver interesse bastará acessar o site www.acpt.com.br.

A entidade pretende selecionar 03 atores, 03 atrizes e 04 suplentes, sendo que os atores e atrizes terão colocação imediata nos espetáculos em cartaz da ACPT (O PEQUENO PRÍNCIPE, O MENINO MALUQUINHO, JOÃO E MARIA, UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA E PLUFT-O FANTASMINHA). Sendo uma companhia de repertório existe um revezamento nas apresentações em que realiza e a entidade está sentindo uma necessidade também de “revezamento” entre os atores pois o excesso de apresentações está sobrecarregando os atores que fazem parte de mais de um espetáculo da associação.

Conforme definição realizada pela Direção-Executiva da ACPT, os pretendentes a fazerem parte da entidade deverão ter no mínimo 16 anos, disponibilidade para viagens, autorização dos pais (menor de 18), ter cursado ou estar cursando o segundo grau, participar integralmente os três dias de oficina e submeter-se a um teste no final.

INICIO IMEDIATO

Os atores/atrizes selecionados imediatamente irão iniciar os ensaios para as temporadas marcadas dos espetáculos: JOÃO E MARIA (Toledo, Foz do Iguaçu, Palotina, Umuarama, Cianorte, Loanda, Apucarana, Telemaco Borba, Castro, Ponta Grossa, Palmeira, Lapa, Irati, Pato Branco, União da Vitória, Araucária e Fazenda Rio Grande), e O PEQUENO PRÍNCIPE (Curitiba, Dourados, Presidente Prudente, Marialva, Cornélio Procópio, Santo A. Platina, Jacarezinho, Ourinhos, Jaú, Marília, Botucatu, Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Macaé, Araruama, São Pedro da aldeia e Angra dos Reis).
Os selecionados também farão parte das novos projetos da ACPT: BONEQUINHA DE PANO, ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS E O MENINO DO DEDO VERDE.

OFICINEIROS/AVALIADORES

Já foram confirmados como “oficineiros/avaliadores” os seguintes profissionais:
LUIZ VARINNI: Ator, diretor, dramaturgo, professor e crítico teatral, que dentre os vários trabalhos realizados destacamos sua participação no CPT – Centro de Pesquisa Teatral do SESC-Anchieta, de Antunes Filho.

WANDERLEI DOS ANJOS: Presidente/fundador da ACPT – Associação Centro de Pesquisa Teatral, ator, diretor e professor de teatro.

MARCO TECCHIO: Ator revelado pela ACPT, atualmente radicado a Curitiba no Projeto Pé no Palco da atriz Fátima Ortiz.

Esperamos ainda a confirmação do ex-presidente da ACPT, Marcos Luís Maciel, do ator e diretor Edson Bueno e da coreógrafa Rosane Gonçalves.

OFICINAS E AVALIAÇÕES

As oficinas, palestras e preparações acontecerão nos dia 14 (quinta) e 15 (sexta), das 18h ás 22h no SALÃO SOCIAL DO SESC – CASCAVEL. E as avaliações e seleções acontecerão no dia 16 (sábado) entre ás 8h e 12h.

Após a devida efetivação da inscrição, o pretendente deverá escolher no site da ACPT – www.acpt.com.br, um texto que deverá ser interpretado no dia de sua avaliação final (sábado – 16/07).

Todos os participantes receberão diplomas e declarações de participação da oficina/seleção. O valor da inscrição é de R$ 100,00 (cem reais), e poderá ser recolhido junto á secretaria da ACPT (45 – 4104-0175 / 9912-3780), e o recibo deverá ser apresentado no dia do início das atividades (14/07 – quinta).

HISTÓRICO DA ACPT

A ACPT Associação Centro de Pesquisa Teatral existe desde 1993, antes fora um Grupo de Teatro, que para se tornar mais representativo e consolidar a característica abrangente do teatro, como força motriz das mudanças na sociedade, tornou-se uma Associação no ano de 2001.

Desde 1993, foram montados quatro espetáculos adultos, sendo o primeiro "O OSSO" de Birago Diop em 1993, o segundo "A PAIXÃO DE OSCAR WILDE" de Murilo Dias Cezar em 1993, espetáculo que obteve 17 prêmios em quatro festivais a nível nacional, o terceiro "WOYZECK" de Georg Büchner, que arrebatou 09 prêmios nos festivais que participou e o quarto “AS VIVANDEIRAS” de Alceu Sperança em 2003, um espetáculo que conta a história da colonização da região oeste do Paraná sem máscaras e sem mentiras, mostrando o que está por trás da história oficial. Espetáculo contemplado com Prêmio FUNARTE - Caravana de Circulção Regional/Sul.

"JOÃO E MARIA" dos Irmãos Grimm em 1999, foi a primeira experiência com teatro infantil, conquistando 10 prêmios em 3 festivais e abrindo um novo horizonte para a necessidade de se fazer cada vez, mais um trabalho fundamentado na questão pedagógica e social.

“PLUFT O FANTASMINHA” em 2002, foi escolhido pela proximidade com o mundo infantil de lirismo e fantasia, onde é possível resolver todos os problemas sem a necessidade de artifícios nocivos, tendo conquistado 06 prêmios em um ano de temporada.

“UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA”, de Ziraldo foi escolhido por ser um texto lírico, ágil, com uma mensagem de fé e esperança no amanhã.

“O MENINO MALUQUINHO” a ACPT, mais uma vez centrando seus trabalhos no publico infanto-juvenil, com a montagem do espetáculo “O MENINO MALUQUINHO”, também de Ziraldo. Foi escolhido por ser um texto que traz de volta a inocência de ser criança, de saber como aproveitar a infância e encarar a realidade de crescer sem perder a magia de ser eternamente uma criança. Neste espetáculo buscamos mostrar todo o lirismo com que este menino a quem os amigos carinhosamente chamam de “Maluquinho” trata o cotidiano de ser uma criança em toda a plenitude da palavra.

Nos trabalhos adultos a busca foi constante pela estética e a visão plena da arte como um todo. Mostrando sempre o lado agonizante da discriminação em suas formas mais hipócritas e escondidas da sociedade, discutindo com o homem o seu conflito existencial.

Nos trabalhos infantis a ACPT buscou a valorização dos laços familiares, dos conhecimentos herdados dos mais antigos, do amor e da amizade, como forma de consolidação do caráter. Transferindo para as crianças a experiência de que para haver crescimento é preciso enfrentar seus medos e viver pautado nos valores familiares.

No Seu novo trabalho “O PEQUENO PRÍNCIPE” a ACPT se baseia na história mágica que narra o encontro do PEQUENO PRÍNCIPE vindo de um lugar distante, com um aviador perdido no deserto. Juntos, eles compartilham experiências que divertem, encantam e tocam o coração.

Os sábios questionamentos de um pequeno menino, buscando um pouco mais de sentido para a nossa existência fará o espectador, adulto ou criança, deparar-se com a meninice, fazendo a imaginação fluir no tempo, sentir o perfume de uma estrela, dialogar com uma raposa, ouvir a voz de uma flor, ver o brilho de uma fonte, escutar o barulho das folhas batidas pelo vento, visitar um rei distante, observar a maliciosa dança de uma serpente.

FOTO ACIMA DO ESPETÁCULO "JOÃO E MARIA". PRIMEIRA PRODUÇÃO INFANTIL DA ACPT (1.999).

Um comentário:

  1. Muito bom saber sobre a oferta de trabalho para os atores da região. PARABÉNS!

    ResponderExcluir